Patrocinadores

Vídeo Insitucional ProAcústica
Assista ao documentário do INAD SP 2017
Torne-se uma empresa associada!
Documentário Amorim Lima

Afiliações

  • ProAcústica - Afiliado ABNT
  • ProAcústica - Afiliado FIA - Federação Iberoamericana de Acústica
  • IIAV - International Institute of Acoustics and Vibration
  • I-INCE International Institute of Noise Control Engineering

Monumento às Bandeiras usará protetores auditivos no dia de combate à poluição sonora

O conteúdo desta página requer uma versão mais recente do Adobe Flash Player.

Obter Adobe Flash player

Uma intervenção urbana instalará protetores auditivos nas esculturas do Monumento às Bandeiras, no Parque do Ibirapuera, no dia 26 de abril, e deve marcar a movimentação que a cidade de São Paulo prepara para o Dia Internacional da Conscientização sobre o Ruído, o Inad Brasil (International Noise Awareness Day). No local, como parte da campanha ''Conforto acústico e educação, um bem para você e sua audição'', será realizado, das 14h25 às 14h26, um minuto de silêncio que acontece no mesmo horário em outros países.

Iniciativa da ProAcústica (Associação Brasileira para Qualidade Acústica) e da Secretaria Municipal do Verde e do Meio Ambiente de São Paulo (SVMA), por meio do Departamento de Educação Ambiental da Universidade Aberta do Meio Ambiente e Cultura de Paz (UMAPAZ), a ação foi concebida com o objetivo de conscientizar a população sobre o ruído e seus efeitos na saúde, qualidade de vida e meio ambiente.

À noite, o prédio da Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo, que fica próximo ao monumento, será iluminado com a cor amarela, tema do INAD 2017. A ação visa também incentivar a adoção de políticas públicas para enfrentar e combater às diversas formas de poluição sonora, por meio de medidas mitigatórias e compensatórias para as emissões de ruído nas esferas pública e privada.

Entre as atividades programadas para o dia será realizado no período da tarde e noite, na sede da UMAPAZ, na região do Ibirapuera, solenidade que reunirá autoridades públicas, especialistas, associações de bairro, estudantes e a população em geral. A ideia é promover um debate sobre as implicações do ruído e vibração na saúde das pessoas e soluções para a conquista de uma cidade mais silenciosa.

Manifesto do silêncio

No intervalo entre as apresentações da solenidade cerca de 150 alunos das escolas de fonoaudiologia da Unifesp (Universidade Federal de São Paulo), PUC SP (Pontifícia Universidade Católica de São Paulo), da USP (Universidade de São Paulo) e da Umapaz farão uma passeata pelas Avenidas IV Centenário e República do Líbano até a Praça Armando de Sales Oliveira, no Monumento às Bandeiras.

Os alunos vestirão camisetas alusivas ao INAD Brasil e Manifesto do Silêncio, carregarão cartazetes em branco e faixas com mensagens do tema de 2017: ''Conforto acústico e educação, um bem para você e sua audição''. Com um abraço simbólico ao monumento vão deixar a mensagem à população e a cidade de São Paulo sobre a importância do combate à poluição sonora, que é considerado pelos especialistas um problema de saúde pública.

Mapa do Ruído e o INAD

A cidade de São Paulo, por meio de organizações da sociedade civil, vereadores e entidades setoriais, tem atuado por meio de esforço conjunto e realiza desde 2014 a Conferência Municipal sobre Ruído, Vibração e Perturbação Sonora, por ocasião do INAD.

O resultado dessa ação culminou na Lei 16.499 - Mapa de Ruído Urbano, de 21/07/2016, que determina à Prefeitura de São Paulo a desenvolver e implantar o Mapa de Ruído da cidade, uma importante ferramenta de diagnóstico para melhorar a gestão dos impactos da poluição sonora.

O INAD foi criado em 1996, nos Estados Unidos, pela League for the Hard of Hearing, hoje Center for Hearing and Comunication, para promover o evento mundial de conscientização, que consiste em realizar 60 segundos de silêncio como forma de demonstrar o impacto do ruído na vida cotidiana da população.

Dados da Organização Mundial da Saúde (OMS) mostram que o ruído é a segunda causa de poluição ambiental, ficando atrás somente da poluição do ar.

A exposição aos ruídos de diversas naturezas, em excesso e de forma contínua ao longo da vida, podem ocasionar danos não somente à saúde auditiva dos indivíduos, mas está relacionada ao desenvolvimento de uma série de doenças cardiovasculares, distúrbios do sono, pressão alta, estresse, irritabilidade, ansiedade, agressividade; que afetam a capacidade de concentração, aprendizado, produtividade, descanso e interferem na qualidade de vida como um todo.

Evento | INAD Dia Internacional da Conscientização sobre o Ruído em São Paulo, Brasil
Data | 26/04/17 - 4ª feira
Tema Inad Brasil 2017 | Conforto acústico e educação, um bem para você e sua audição
Ação | “Manifesto do Silêncio” - intervenção urbana no Monumento àss Bandeiras, Ibirapuera / São Paulo
Local | UMAPAZ SVMA (Auditório I Araucária) & Monumento às Bandeiras
Endereço | Avenida Quarto Centenário, nº 1268 - Portão 7A - Parque Ibirapuera – São Paulo/SP
Horário | das 14h00 às 20h30

Mais informações INAD SP | Acesse aqui
Inscrições | Acesse aqui

Programação tarde

Público Alvo | Estudantes, população em geral, organizações de bairros, convidados

14h00 | Abertura oficial
14h10 | “O silêncio e a paz”. Reflexão sobre o silêncio pelo convidado Monge Ryozan
14h25 | 14h26 - 60 segundos de silêncio
14h30 | Impactos da poluição sonora na saúde e vida dos indivíduos com a Dra. Ana Claudia Fiorini, fonoaudióloga, epidemiologista, doutora em Saúde Pública pela Faculdade de Saúde Pública USP, professora doutora da Escola Paulista de Medicina Unifesp e professora doutora da PUC-SP.
15h00 | Diagnóstico e gestão dos impactos da poluição sonora: ações técnicas, de comunicação, saúde, educação e o envolvimento da população com Marcos Holtz, arquiteto e urbanista, Mestre em acústica pela FAU USP, coordenador do Comitê Acústica Ambiental da Associação ProAcústica.
15h30 | Convite para a caminhada rumo ao manifesto
16h30 | Manifesto do Silêncio no Monumento das Bandeiras. Participantes: Alunos de fonoaudiologia da PUC-SP, Unifesp, USP, Umapaz e demais presentes

Programação noite

Público Alvo | Prefeitura, Secretarias Municipais, Universidades, Organizações setoriais, outros.

18h45 | Welcome coffee na Umapaz
19h15 | Solenidade de composição da mesa com a abertura de Sra. Rose Maria Inosoja Vice - Prefeito, Vereador, Secretários (SVMA, SMUL, SMT, SS, SC), Universidades e ProAcústica
19h30 | Diagnóstico e gestão dos impactos da poluição sonora: breve histórico até a regulamentação da Lei Mapa de Ruído da cidade de São Paulo objetivando o compromisso público e político de combate a poluição sonora e a implementação do mapa de ruído (Arq. Marcos Holtz ProAcústica)
19:50 | Pronunciamentos Bruno Covas - Vice-prefeito; Aurélio Nomura - Vereador; Gilberto Natalini - Secretário Municipal do Verde e do Meio Ambiente (SVMA); Heloisa M. Salles Penteado Proença - Secretária Urbanismo e Licenciamento (SMUL); Edison Claro de Moraes - Presidente ProAcústica.
20h30 | Encerramento

Sobre a SVMA SP
A Secretaria do Verde e do Meio Ambiente (Svma) foi criada em 1993 (Lei nº 11.426/93). Desde então vem passando por reorganizações para dar conta das questões ambientais da cidade de São Paulo, sendo que a última aconteceu em 2009 (Lei n. 14887/09). Compete à Secretaria Municipal do Verde e do Meio Ambiente:
+ Planejar, ordenar e coordenar as atividades de defesa do meio ambiente no Município de São Paulo, definindo critérios para conter a degradação e a poluição ambiental;
+ Manter relações e contatos visando à cooperação técnico-científica com órgãos e entidades ligados ao meio ambiente, do Governo Federal, dos Estados e dos Municípios brasileiros, bem como com órgãos e entidades internacionais;
+ Estabelecer com os órgãos federal e estadual do Sistema Nacional do Meio Ambiente – Sisnama critérios visando à otimização da ação de defesa do meio ambiente no Município de São Paulo.

Sobre a UMAPAZ
A Umapaz – Universidade Aberta do Meio Ambiente e da Cultura de Paz, Departamento de Educação Ambiental da Secretaria Municipal do Verde e do Meio Ambiente (Svma), desenvolve e dissemina conhecimentos e práticas de educação para a sustentabilidade, alicerçados no respeito à vida e inspirados na Carta da Terra.
Compõe-se por quatro equipes: Escola Municipal de Jardinagem, Formação, Difusão e Projetos e Astronomia e Astrofísica. São equipes constituídas por profissionais de diferentes formações e saberes – biólogos, agrônomos, comunicadores sociais, pedagogos, sociólogos, geólogos, geógrafos, arquitetos, de saúde e mais, o que permite a concepção e o desenvolvimento de programas e atividades numa dimensão inter e transdisciplinar.

Sobre a ProAcústica
A ProAcústica Associação Brasileira para a Qualidade Acústica é uma entidade civil sem fins lucrativos, que reúne empresas e profissionais da área, para divulgar a importância da qualidade acústica nas edificações e no meio ambiente. Criada em março de 2011, para estimular iniciativas de combate à poluição sonora nas grandes cidades brasileiras e nas edificações, a ProAcústica pretende colaborar com a criação, revisão e desenvolvimento de normas técnicas, de normas para materiais e aplicações acústicas com padrões mínimos de qualidade.

Sobre o INAD
O Dia Internacional da Conscientização sobre o Ruído, International Noise Awareness Day (Inad), foi criado há 18 anos, nos Estados Unidos, pela League for the Hard of Hearing, hoje Center for Hearing and Comunication, para promover o evento mundial de conscientização, que consiste em 60 segundos de silêncio, a fim de demonstrar o impacto do ruído na vida cotidiana.

Veja também

O Monumento às Bandeiras ganhou fones de ouvido num alerta ao problema grave do barulho em São Paulo

O Monumento às Bandeiras ganhou fones de ouvido num alerta ao problema grave do barulho em São Paulo

No Dia Internacional da Conscientização sobre o Ruído o Monumento às Bandeiras ganhou fones de ouvido para o problema grave do barulho aqui na capital

Inad desperta São Paulo para o incômodo do barulho

Inad desperta São Paulo para o incômodo do barulho

O dia da conscientização sobre os graves problemas da poluição sonora, este ano, trouxe uma veia bem humorada. A famosa escultura de Victor Brecheret, o Monumento às Bandeiras, no Parque do Ibirapuera, amanheceu com fones auriculares de proteção para lembrar que a sociedade civil busca soluções de combate às diversas formas de perturbação acústica sem abrir mão da leveza. O secretário do Verde e Meio Ambiente de São Paulo, Gilberto Natalini, colocou a poluição sonora – que ele chamou de sexta modalidade da poluição, ao lado da poluição da água, ar, solo, visual e climática – na pauta da política pública do município. "Vamos treinar nossas equipes para trabalhar no combate a esse problema. E isso tem que estar na pauta do prefeito e das outras secretariasâ".

ProAcústica lança vídeo sobre ações da entidade com enfoque no combate à poluição sonora

ProAcústica lança vídeo sobre ações da entidade com enfoque no combate à poluição sonora

Com uma linguagem moderna e impactante a Associação Brasileira para a Qualidade Acústica, a ProAcústica, lança um vídeo que ultrapassa as barreiras institucionais e pode servir como fonte de inspiração para pessoas que buscam realizar atividades transformadoras na sociedade.

Notícias

Multas por barulho do programa Psiu despencam no início da gestão Doria

O prefeito João Dória (PSDB) mandou um recado enfático no começo de fevereiro, ao participar de uma blitz da lei do barulho, que lacrou um bar no Tatuapé (zona leste de São Paulo): "Isto a partir de agora serve de alerta para os donos de estabelecimentos. A lei do Psiu agora volta, e volta para valer".


A paz em meio ao barulho na vizinhança

Isolamento acústico nas paredes, janelas e chão são algumas das soluções para conviver com o caos contínuo


Agenda