LinkedIn Facebook Instagram Twitter Youtube

Patrocinadores

  • OWA Brasil
  • AtenuaSom
Torne-se uma empresa associada!
Vídeo Insitucional ProAcústica
INAD SP 2018 | Mapa de Ruído Urbano - Projeto Piloto SP
Documentário Amorim Lima

Afiliações

  • ProAcústica - Afiliado ABNT
  • ProAcústica - Afiliado FIA - Federação Iberoamericana de Acústica
  • IIAV - International Institute of Acoustics and Vibration
  • I-INCE International Institute of Noise Control Engineering

Prosseguem os trabalhos em torno das normas ABNT e ISO: Atualizações, ampliação de horizontes e novos critérios agitam o mundo das normas

O conteúdo desta página requer uma versão mais recente do Adobe Flash Player.

Obter Adobe Flash player

Os trabalhos de atualizações de normas ABNT e ISO prosseguem. A finalização da análise da consulta nacional da NBR 10151 foi prorrogada e a gerente de Atividades Técnicas da ProAcústica, Talita Pozzer, foi escolhida em reunião da Comissão de Estudo Especial de Acústica - CEE 196 como relatora do GT 10 ABNT: Tratamento Acústico. Uma proposta deverá ser apresentada sobre o que fazer em relação à norma ABNT NBR 12179:1992 Tratamento Acústico em recintos fechados que estava em processo de revisão.

O vice-presidente de Atividades Técnicas da ProAcústica, Marcos Holtz e Carolina Monteiro (como secretária) são os representantes do Brasil na ISO. Vão coordenar o GT 1 do ABNT CEE 196, espelho do ISO TC 43 SC 2 no Brasil. O GT 1 iniciará o trabalho de adoção das seguintes normas: ISO 16283 - Acoustics - partes 1, 2 e 3 (substituiu a ISO 140-4, ISO 140-5 e ISO 140-7); ISO 10052:2004 - Acoustics - que inclui critérios relativos ao isolamento a ruído aéreo, impacto e outras fontes de ruído exterior, ruído de equipamentos e tempo de reverberação em áreas comuns; ISO 10140-1, Acoustics - que estabelece métodos de caracterização em laboratório de diversos elementos usados para absorção acústica em espaços corporativos (substituiu as ISO 140-1, ISO 140-3 e ISO 140-6). Essas normas são de tradução prioritária devido à ampla aplicação em função da NBR 15575; ISO 16032:2004 Acoustics - Medição de ruído de instalações prediais. Foi confirmada no dia 24 de novembro de 2015. Também foi citada na NBR 15575 porém em anexo informativo. O cronograma foi postergado para início do terceiro trimestre de 2018 devido à prioridade de adoção das normas citadas.

O encontro anual do ISO TC 43 SC 2 acontecerá, entre 12 e 16 de novembro, em  Matsue, no Japão. Dentro dos trabalhos, no primeiro semestre de 2018, foram discutidas e elaboradas as posições do Brasil frente a nove votações. Os destaques foram a reativação do processo de revisão da série de normas ISO 717, partes 1 e 2. Essa revisão busca melhorar e reduzir o número de descritores de isolamento acústico de diversas maneiras, buscando uma correlação melhor com a percepção dos usuários, incorporando a análise das baixas frequências, de forma a contemplar as novas fontes utilizadas para medição e ruído de impacto. Os esboços desses novos projetos de norma serão apresentados em novembro de 2018.

A aprovação do ISO/DIS 19488 inclui critérios relativos ao isolamento a ruído aéreo, impacto e outras fontes de ruído exterior, ruído de equipamentos e tempo de reverberação em áreas comuns.

A aprovação do ISO/DIS 20189 amplia os horizontes da ISO 354 e estabelece métodos de caracterização em laboratório de diversos elementos usados para absorção acústica em espaços corporativos: sofás, pufes, luminárias, painéis decorativos, cortinas etc. O projeto final da norma será apresentado em novembro deste ano.

Veja também

Poluição sonora, um problema urbano

Poluição sonora, um problema urbano

O ruído, barulho, faz parte da vida. Não dá para viver em silêncio o tempo todo. Agora... dependendo do nível de ruído, isso passa a ser um problema!

Novas diretrizes europeias para o ruído ambiental são divulgadas pela OMS

Novas diretrizes europeias para o ruído ambiental são divulgadas pela OMS

A OMS e as comunidades de projetistas acústicos alertam para os distúrbios diretos e indiretos causados pelo desconforto sonoro. Além das fontes tradicionais, novos aparelhos e equipamentos geradores de ruído como as turbinas eólicas, os drones e o lixo sônico ocupam o espaço terrestre e aéreo.

Encontro da ProAcústica apresenta resultados das ações de 2018

Encontro da ProAcústica apresenta resultados das ações de 2018

Transparência, persistência, união e muito trabalho deram o tom dos 7 anos de existência da ProAcústica. Nesse clima encerramos nossas atividades, no último 26 de novembro, quando em confraternização, celebramos rumo aos desafios reservados para o novo ano. Bom 2019 e obrigado!

Notícias

Princípios básicos de Acústica: Por que os arquitetos não deveriam deixar tudo para os consultores

Mais da metade da população mundial vive em áreas urbanas densas. Restaurantes, lojas, hotéis ou escritórios desconfortavelmente barulhentos são suficientes para manter os clientes afastados. Ao planejar uma reunião ou mesmo sair à noite com amigos, estamos conscientes de selecionar um local onde possamos nos concentrar e ouvir um ao outro. Quanto mais barulhento fica nosso mundo, mais difícil é nos concentramos nos sons que realmente queremos ouvir.


Audição de mais de 1 bilhão de jovens está ameaçada, alerta OMS

Entidades apresentam novos padrões para que empresas possam controlar volume de som em celulares e aparelhos


Agenda