LinkedIn Facebook Instagram Twitter Youtube

Patrocinadores

  • AtenuaSom
  • OWA Brasil
Torne-se uma empresa associada!
Vídeo Insitucional ProAcústica
INAD SP 2018 | Mapa de Ruído Urbano - Projeto Piloto SP
Documentário Amorim Lima

Afiliações

  • ProAcústica - Afiliado ABNT
  • ProAcústica - Afiliado FIA - Federação Iberoamericana de Acústica
  • IIAV - International Institute of Acoustics and Vibration
  • I-INCE International Institute of Noise Control Engineering

Revisão da NBR 15575 deve oferecer um ganho para o cliente e a sociedade

O conteúdo desta página requer uma versão mais recente do Adobe Flash Player.

Obter Adobe Flash player

Comissão especial da ABNT iniciou o processo de revisão no campo de desempenho de edificações habitacionais

A comissão de estudo ABNT/CE-002:136.001 começou a discutir a revisão da NBR 15575 com relatoria dos requisitos de acústica pela ProAcústica. A reativação da CE obedeceu ao apelo de uma carta convite convocando para uma reunião para discutir o desempenho de edificações no sentido de revisar as normas NBR 15575-1 a 6 para edificações habitacionais. O principal encontro ocorreu em meados de setembro na sede do SindusCon de São Paulo, ocasião em que foi discutido o processo de elaboração de normas brasileiras, a indicação do coordenador e secretário da comissão de estudo e o planejamento dos trabalhos.

A ABNT, único fórum nacional de normalização, atende às demandas de normalização no campo de desempenho de edificações habitacionais, compreendendo os sistemas estruturais, hidrossanitários, de pisos, de vedações verticais internas e externas e de cobertura. Independente dos materiais constituintes e dos sistemas construtivos, a normalização concerne à terminologia, requisitos, critérios e métodos de avaliação. A comissão de estudo ABNT/CE-002:136.001 discute e estabelece, por consenso, regras, diretrizes ou características para o assunto.

Segundo Fabio Villas Boas, coordenador da CE e representante do SindusCon-SP, “hoje, podemos perceber que o posicionamento das pessoas é mais maduro do que em 2011 quando foi produzida a norma. Chegou o momento de consolidar o que está aí e aumentar a segurança para a aplicação”. Villas Boas citou alguns exemplos: “centenas de ensaios para ruídos de impactos nas lajes mostram que a norma pode funcionar em um apartamento mas, em outra obra, não funciona. Problemas como um tipo de agregado, diferente numa estrutura, podem mudar o conforto acústico. Uma parede de vedação pode ter um desempenho diferente e o conforto térmico nos 26 estados brasileiros é diferente num dia típico de inverno ou no verão”.

Os temas da ABNT NBR 15575-1:2013 para edificações habitacionais passam pelos requisitos gerais, requisitos para os sistemas estruturais, para os sistemas de pisos, para os sistemas de vedações verticais internas e externas, para os sistemas de coberturas e para os sistemas hidrossanitários.

Em princípio, a revisão da norma NBR 15575, prevista para ser publicada em março de 2019, deverá corrigir o que está desatualizado e melhorar a interpretação de texto. Para os participantes da comissão, as mudanças e atualizações devem oferecer um ganho para o cliente e a sociedade, além de proporcionar uma harmonização com outras normas. Na visão do professor de engenharia da PoliUSP, Vanderley John, a norma “deveria exigir do fabricante um relatório de vida útil do produto e, para isso, deveria incorporar uma metodologia de engenharia, não é uma coisa banal”.

Revisão da ABNT NBR 15575-1:2013

Veja também

Poluição sonora, um problema urbano

Poluição sonora, um problema urbano

O ruído, barulho, faz parte da vida. Não dá para viver em silêncio o tempo todo. Agora... dependendo do nível de ruído, isso passa a ser um problema!

Novas diretrizes europeias para o ruído ambiental são divulgadas pela OMS

Novas diretrizes europeias para o ruído ambiental são divulgadas pela OMS

A OMS e as comunidades de projetistas acústicos alertam para os distúrbios diretos e indiretos causados pelo desconforto sonoro. Além das fontes tradicionais, novos aparelhos e equipamentos geradores de ruído como as turbinas eólicas, os drones e o lixo sônico ocupam o espaço terrestre e aéreo.

Encontro da ProAcústica apresenta resultados das ações de 2018

Encontro da ProAcústica apresenta resultados das ações de 2018

Transparência, persistência, união e muito trabalho deram o tom dos 7 anos de existência da ProAcústica. Nesse clima encerramos nossas atividades, no último 26 de novembro, quando em confraternização, celebramos rumo aos desafios reservados para o novo ano. Bom 2019 e obrigado!

Notícias

Princípios básicos de Acústica: Por que os arquitetos não deveriam deixar tudo para os consultores

Mais da metade da população mundial vive em áreas urbanas densas. Restaurantes, lojas, hotéis ou escritórios desconfortavelmente barulhentos são suficientes para manter os clientes afastados. Ao planejar uma reunião ou mesmo sair à noite com amigos, estamos conscientes de selecionar um local onde possamos nos concentrar e ouvir um ao outro. Quanto mais barulhento fica nosso mundo, mais difícil é nos concentramos nos sons que realmente queremos ouvir.


Audição de mais de 1 bilhão de jovens está ameaçada, alerta OMS

Entidades apresentam novos padrões para que empresas possam controlar volume de som em celulares e aparelhos


Agenda