LinkedIn Facebook Instagram Twitter Youtube

Patrocinadores

  • OWA Brasil

Afiliações

  • ProAcústica - Afiliado ABNT
  • ProAcústica - Afiliado FIA - Federação Iberoamericana de Acústica
  • IIAV - International Institute of Acoustics and Vibration
  • I-INCE International Institute of Noise Control Engineering

INAD 2020 - Venha fazer parte desta onda!
Torne-se uma empresa associada!
Lançamento Manual ProAcústica de Acústica Básica
Documentário Amorim Lima
Vídeo Insitucional ProAcústica

Presidente do Inter-Noise 2021 antecipa temas abordados e dá o "tom" do evento que marca os 50 anos do maior Congresso e Exposição Internacional sobre Engenharia e Controle de Ruído

24/11/2020 - 14:40

Nos 50 anos do Inter-Noise (Congresso Internacional e Exposição sobre Engenharia e Controle de Ruído), a ser comemorado e realizado em 2021, de 1 a 4 de agosto, em Washington, DC, EUA, o  ProAcústica News foi conversar com o seu presidente, o professor Dr. Raj Singh. Bem conhecido pela pesquisa em fontes de ruído de máquinas, isolamento de vibração e dinâmica não linear, com aplicações em veículos, aparelhos e sistemas de engrenagens, Dr. Singh é membro de quatro entidades profissionais (ASA, ASME, SAE e INCE/ EUA) e recebeu importantes prêmios nacionais (EUA) tanto em ensino quanto em pesquisa. Publicou mais de 240 artigos em periódicos e orientou mais de 170 alunos com teses. Também, foi presidente do Inter-Noise 2002, realizado em Dearborn (EUA).

Nessa edição que será híbrida, com sessões virtuais e presenciais, o foco será a conexão do passado com o futuro em diversas áreas. As sessões ou eventos especiais serão realizados para marcar os 50 anos de progresso no controle de ruído, com um olhar para a construção de uma política global. 

1 | O Congresso Inter-Noise 2021 vai tratar dos próximos 50 anos de controle de ruído, com ênfase em áreas emergentes. Como foi a evolução nesses anos que passaram?
A comunidade de controle de ruído e acústica viu mudanças tremendas - assim como a sociedade - nas últimas cinco décadas; começamos quase na 'Idade da Pedra' da era moderna da internet, telefone celular, cabo, redes sociais. Por exemplo, passamos de um simples medidor de nível sonoro à uma câmara acústica; da análise de bandas de oitava às análises FFT multicanal e FFT e espectrogramas; de tratamentos empíricos de ruídos a materiais de engenharia e tecnologia de controle ativo; e, finalmente, de simulação de computador virtualmente zero a códigos avançados de elementos finitos, dinâmica de fluidos computacional e softwares de traçados de raios, entre outros. 

2 | Quais tópicos serão abordados para a discussão do futuro em um momento tão atípico que o mundo está passando?
Obviamente, estamos agora no ano da Covid-19 e nossas perspectivas estão mudando rapidamente, pois o mundo que conhecíamos - antes de março de 2020 - parece não existir mais. Agora, estamos no mundo do 'zoom', com avanços significativos na comunicação de videoconferência e audioconferência, digamos, minimizando o ruído de fundo usando o “machine learning”. Da mesma forma, prevemos a influência da computação quântica e de alto desempenho no controle de ruído bem como outros assuntos, da acústica médica, incluindo avanços em psicoacústica e neurociência levando a uma melhor percepção ou diagnóstico, desenvolvimento de drones e veículos terrestres mais silenciosos, e paisagem urbana melhorada. 

3 | Estamos preparados para fornecer e receber essas novas tecnologias?
Sim, na próxima década. De fato, estamos discutindo uma apresentação especial com o grupo Microsoft Teams em Seattle, EUA, pois eles fizeram avanços importantes na minimização do ruído de fundo. Da mesma forma, prevemos palestras, sessões e workshops interessantes neste congresso que irão conectar o passado com o futuro em diversas áreas, como materiais de nova geração, controle ativo de ruído e vibração, métodos de modelagem aprimorados, novas técnicas de diagnóstico, entre outros. 

4 | Quais os desafios para a implantação de novas tecnologias levando-se em conta a vontade pública e social? Principalmente, no que se refere a questões de saúde, sociais e ambientais que já afetam o controle global de ruído.
Algumas mudanças incluem o seguinte: avanços em inteligência artificial na implementação de novas soluções; desenvolvimento de tecnologias de simulação precisas com prototipagem de produtos, edifícios e equipamentos; desenvolvimento de produtos mais silenciosos; e melhor planejamento urbano e infraestrutura rodoviária para reduzir o ruído e, ao mesmo tempo, melhorar a qualidade de vida. 

5 | Pela primeira vez uma associação brasileira como a ProAcústica, em nome do Instituto Internacional de Engenharia de Controle de Ruído (I-Ince), organiza em conjunto com o Ince-EUA o Congresso. O senhor acredita que é um divisor de águas para a América Latina? Como foi possível essa parceria e com quais objetivos?
A colaboração entre o Ince-EUA e a ProAcústica se formou na fase inicial, quando da candidatura para a realização do Inter-Noise 2021, pois tínhamos que propor algo especial para o 50º Congresso Inter-Noise. Além disso, existem muitos laços comuns entre os países da América do Norte e do Sul, bem como um histórico de interações profissionais. Nos reunimos como um grupo nos últimos 12 meses para discutir os muitos aspectos do 50º Inter-Noise e nossos colaboradores da América Latina têm sido entusiastas e totalmente solidários. Isso deve nos motivar a coorganizar outros eventos no futuro. 

6 | Quais são, principalmente, os públicos que frequentam o Congresso e a Exposição?
Normalmente, de 750 a 1.500 pessoas de mais de 40 países participaram do congresso Inter-Noise (na era pré-Covid, é claro). Uma vez que decidimos realizar o congresso Inter-Noise 2021 no modo híbrido com os modos "ao vivo, pessoalmente" e "virtual", esperamos que a participação seja em torno de 1.000 pessoas. O modo híbrido permitirá alguma flexibilidade, embora a logística deverá ser mais complexa. 

7 | Quais os eventos especiais do Congresso? Como evento especial será realizado o Simpósio Pan-Americano, que visa países em desenvolvimento. Quais os principais temas a serem debatidos para construirmos cidades mais calmas?
Haverá vários simpósios especiais. Em primeiro lugar, sessões ou eventos especiais serão realizados para marcar os 50 anos de progresso no controle de ruído desde o primeiro congresso Inter-Noise em 1972 mas, também, para olhar para frente e especular sobre o que poderia ser alcançado nos próximos 50 anos.  Em segundo lugar, o Simpósio Especial Pan Americano - evento de um dia, voltado para o público latino-americano. Os temas centrais serão “Gestão de ruído ambiental para o planejamento de cidades mais calmas de países em desenvolvimento” e “Conforto acústico em edifícios: realidade internacional para padronização de parâmetros de desempenho”.  O congresso híbrido deve nos dar flexibilidade adicional na organização do assunto acima. Esperamos que isso nos forneça alguns desafios contínuos de orientação em relação às questões de saúde, sociais e ambientais e como podemos implementar políticas ou soluções significativas de controle de ruído em um futuro próximo. 

8 | O I-Ince tem um programa para jovens profissionais e estudantes com bolsas para americanos (20 bolsas de 600 EUR/cada) e latino-americanos (10 bolsas de  $750 USD/cada) para facilitar a viagem de jovens profissionais, como será esse processo?
Os candidatos podem ser alunos de graduação ou pós-graduação, bolsistas de pós-doutorado, jovens acústicos, engenheiros de controle de ruído trabalhando na indústria ou na área de consultoria. Também, devem estar relativamente no início de suas carreiras profissionais (normalmente menos de 10 anos de experiência após graduação). O valor da bolsa (financiado pela organização do congresso Inter-Noise 2021) será de $750 USD, incluindo as taxas de inscrição aplicáveis (para participação “ao vivo, presencial”); este valor será ajustado para um valor inferior para inscrição no congresso virtual. Os candidatos devem trabalhar ou estudar em um ou mais dos 21 países latino-americanos, como Argentina, Brasil, Chile, México, Colômbia, Venezuela, entre outros.  Um painel de jurados - em sua maioria especialistas da América Latina - será nomeado para avaliar as inscrições e selecionar os candidatos mais promissores. Os premiados serão convidados a outros eventos profissionais para jovens, como o workshop de networking e a escola de prática de controle de ruído etc. 

9 | E para a indústria e fabricantes o que a organização está preparando?
A indústria e os fabricantes normalmente respondem a voz do consumidor. Nos setores automotivo, de eletrodomésticos e de construção, há uma demanda significativa por produtos mais silenciosos, embora possa haver um custo associado às opções de solução de controle de ruído ou vibração. Além disso, continuamos a criar consciência entre os consumidores, ao mesmo tempo que sugerimos alguns caminhos para uma política global de ruído. Os congressos Inter-Noise têm sido muito bem-sucedidos nesse aspecto. 

10 | Qual a sua mensagem para termos um futuro melhor com menos ruído?
Bem, esperamos por um mundo mais tranquilo, seguro e saudável! Além disso, esperamos que o congresso híbrido possa ser totalmente implementado para os tempos incertos como estamos vivendo!

Veja também

25

Tendências e adequações da acústica arquitetônica em templos religiosos

Tendências e adequações da acústica arquitetônica em templos religiosos

O som, o silêncio e as religiões são manifestações indissociáveis. Em muitos rituais o ápice espiritual acontece por caminhos que percorrem o subconsciente, tendo o som ou o silêncio como veículos para o alcance do transe, do êxtase ou do júbilo. Tambores, flautas, cantos, do gregoriano ao gospel à música clássica, além da fala humana dos sermões e pregações, formam o cenário sonoro em templos religiosos. Assim a acústica nesses espaços ganha protagonismo no processo de materialização de sentimentos, emoções e experiências. Efeito que bate forte em corações e mentes.

Presidente do Inter-Noise 2021 antecipa temas abordados e dá o

Presidente do Inter-Noise 2021 antecipa temas abordados e dá o "tom" do evento que marca os 50 anos do maior Congresso e Exposição Internacional sobre Engenharia e Controle de Ruído

Nos 50 anos do Inter-Noise (Congresso Internacional e Exposição sobre Engenharia e Controle de Ruído), a ser comemorado e realizado em 2021, de 1 a 4 de agosto, em Washington, DC, EUA, o ProAcústica News foi conversar com o seu presidente, o professor Dr. Raj Singh. Bem conhecido pela pesquisa em fontes de ruído de máquinas, isolamento de vibração e dinâmica não linear, com aplicações em veículos, aparelhos e sistemas de engrenagens, Dr. Singh é membro de quatro entidades profissionais (ASA, ASME, SAE e INCE/ EUA) e recebeu importantes prêmios nacionais (EUA) tanto em ensino quanto em pesquisa. Publicou mais de 240 artigos em periódicos e orientou mais de 170 alunos com teses. Também, foi presidente do Inter-Noise 2002, realizado em Dearborn (EUA).

O papel e o desempenho da acústica nos diferentes espaços das escolas com a retomada das aulas

O papel e o desempenho da acústica nos diferentes espaços das escolas com a retomada das aulas

A importância do relacionamento social promovido por instituições de ensino e o impacto positivo do seu papel no desenvolvimento de crianças e jovens ficou evidente com a pandemia da Covid-19. Um aspecto ficou claro, os alunos estarem longe das escolas é algo muito prejudicial à saúde da sociedade. O contato diário entre crianças e jovens em um ambiente controlado, com espaço físico que forneça as condições para o desempenho dos estudos, ainda é a melhor invenção humana para a educação. E o conforto acústico, nesses ambientes, se mostra, cada vez mais, como item de extrema necessidade para a fruição da comunicação e concentração em um momento chave da vida.

Notícias

Manuais ProAcústica contribuem para conforto acústico em escalas arquitetônica e urbana

As publicações técnicas são ferramentas de apoio e orientação às empresas e aos profissionais do mercado de acústica, da construção civil, áreas do setor público e privado, professores e estudantes


Pandemia trouxe novo olhar sobre a morada

Artigo faz uma análise sobre o futuro do mercado imobiliário a partir das novas tendências. O home office não deve mais ser o quarto improvisado para atender a necessidades pontuais do trabalho. Ergonomia, iluminação natural e acústica, são pontos a serem considerados, num local que tende a ser cada vez mais incorporado à nova rotina.


Agenda