Patrocinadores

  • AtenuaSom
  • OWA Brasil
  • Harmonia
Vídeo Insitucional ProAcústica
Assista ao documentário do INAD SP 2017
Torne-se uma empresa associada!
Documentário Amorim Lima

Afiliações

  • ProAcústica - Afiliado ABNT
  • ProAcústica - Afiliado FIA - Federação Iberoamericana de Acústica
  • IIAV - International Institute of Acoustics and Vibration
  • I-INCE International Institute of Noise Control Engineering

Aeroporto Santos Dumont, no Rio de Janeiro, é o primeiro do país a implantar Sistema de Monitoramento de Ruído

O conteúdo desta página requer uma versão mais recente do Adobe Flash Player.

Obter Adobe Flash player

Resolução da ANAC torna obrigatório o monitoramento de ruído nos aeroportos com média anual de movimento acima de 120 mil aeronaves e nos casos de conflitos relacionados a ruído entre a comunidade e o aeroporto.

Aeroporto Santos Dumont, no Rio de Janeiro, é o primeiro do país a implantar Sistema de Monitoramento de Ruído

A atividade aeroportuária provoca impactos ambientais significativos em razão do ruído provocado pelas aeronaves. Por isso, desde que foi publicada a Resolução ANAC nº 202, em setembro de 2011, complementada pela Instrução Suplementar (IS) da ANAC, que estabelece a metodologia e os critérios técnicos para o cumprimento do Monitoramento de Ruído (seção 161.55), de maio de 2013. A resolução torna obrigatório o monitoramento de ruído nos aeroportos com média anual de movimento acima de 120 mil aeronaves (nos últimos três anos) e nos casos de conflitos relacionados a ruído entre a comunidade e o aeroporto.

O primeiro do país a implantar um Sistema de Monitoramento de Ruído é o Santos Dumont, no Rio de Janeiro, um dos últimos aeroportos urbanos do mundo, localizado na região central da cidade. Cerca de 25 outros aeroportos brasileiros deverão seguir o mesmo caminho, a fim de atender aos requisitos da Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC).

Com operação diária das 6h às 23h e diante do aumento das reclamações dos moradores do entorno, o Instituto Estadual do Ambiente (INEA) requisitou a implantação de um sistema de monitoramento de ruído no Santos Dumont, desde março de 2013. Composto por unidades fixas, instaladas em pontos estratégicos das áreas circunvizinhas, foi possível conseguir uma melhor avaliação e gestão dos impactos sonoros na malha urbana, de forma a subsidiar os órgãos de aviação civil na formulação de novas rotas e procedimentos para minimizar e controlar os ruídos.

Segundo Nicolas Isnard, diretor da 01dB Acoem, empresa especializada em instrumentos de medição acústica, o primeiro objetivo do monitoramento é consolidar dados para obter uma avaliação precisa da situação acústica em cada bairro (ruído aeronaves X ruído ambiente). Em seguida, aplicar medidas mitigatórias, tais como mudanças de rota, do ângulo de descida dos aviões, o tipo de frota, entre outras, a fim de diminuir o impacto sonoro nas regiões urbanizadas nas fases de pouso e decolagem.

Segundo Isnard, foi realizado um estudo locacional para a determinação da localização dos pontos problemáticos. Depois foi realizada uma análise das rotas das aeronaves na fase de pouso na cabeceira 02, com monitoramentos de ruído realizados anteriormente pelo Grupo de Estudos em Ruído Aeroportuário (GERA) da COPPE-UFRJ (2010/2012), considerando os locais de onde partiam as reclamações através da ouvidoria da Infraero.

Em cinco dos seis pontos, o ruído residual estava acima do permitido, de acordo com a NBR 10151 (Avaliação do ruído em áreas habitadas, visando o conforto da comunidade – Procedimento), em situação acústica degradada, mesmo sem a passagem das aeronaves. Em três dos seis pontos avaliados, o impacto sonoro devido às aeronaves, caracterizado segundo NBR 13368 (Ruido Gerado Por Aeronaves – Monitoração), estava acima dos limites permitidos.

“Foram realizadas medições de ruído pontuais e feitas as observações em campo. Depois foram elaborados mapas de ruído, por meio do software CadnaA”, explica Isnard.

Para as medições foram escolhidas localidades nos bairros de Santa Tereza, Cosme Velho, Laranjeiras, Botafogo, Flamengo e Urca. Nesses locais foram implantadas seis Estações de Monitoramento de Ruído DUO, compostas de microfone calibrado, instalado em mastro, painel solar de 25 WP para alimentar bateria de 12 volts do monitor de ruídos, e caixas de proteção.

Os indicadores são registrados e armazenados pelas estações, permitindo caracterizar de forma completa o impacto sonoro das aeronaves. Dependendo das condições meteorológicas, período do dia, e local, as medições apontaram níveis diferentes fornecendo um melhor entendimento da situação sonora de cada região.

Segundo Isnard, o sistema de monitoramento continuará a funcionar de maneira permanente no Santos Dumont, pois está condicionado à licença de operação e atendimento à norma da Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC). As medidas de mitigação, planejadas em conjunto com as empresas aéreas e a Infraero, se baseiam na mudança de rotas de pouso e decolagem que causem menor impacto.

Os próximos passos do monitoramento de ruído no Santos Dumont serão a implantação de uma estação meteorológica para avaliar os eventos sonoros em função dos dados climáticos; do sistema de WebMonitoring (com disponibilidade dos dados online e em tempo real); a  interface completa com o medidor de ruído; acesso aos dados climáticos em tempo real;  armazenamento dos dados climáticos na memória interna do medidor e o desenvolvimento de sistema dedicado para atender às exigências da IS n°161.55-001 da ANAC, entre outras medidas.

Os mapas de ruído são diagnósticos sobre a qualidade acústica das cidades que identificam, através de medições, os locais que precisam sofrer intervenções. Estes mapas, feitos por meio de softwares especiais, como o CadnaA, por exemplo, fornecem uma base técnica confiável para a mudança e são uma ferramenta poderosa para a gestão do ruído, planejamento urbano e medidas de mitigação, e propiciam uma abordagem integrada, a fim de promover boas condições ambientais e de qualidade de vida para a população.

 

Mapas de ruído do Aeroporto Santos Dumont (estudo locacional)

Mapas de ruído do Aeroporto Santos Dumont (estudo locacional)

Veja também

O Monumento às Bandeiras ganhou fones de ouvido num alerta ao problema grave do barulho em São Paulo

O Monumento às Bandeiras ganhou fones de ouvido num alerta ao problema grave do barulho em São Paulo

No Dia Internacional da Conscientização sobre o Ruído o Monumento às Bandeiras ganhou fones de ouvido para o problema grave do barulho aqui na capital

Inad desperta São Paulo para o incômodo do barulho

Inad desperta São Paulo para o incômodo do barulho

O dia da conscientização sobre os graves problemas da poluição sonora, este ano, trouxe uma veia bem humorada. A famosa escultura de Victor Brecheret, o Monumento às Bandeiras, no Parque do Ibirapuera, amanheceu com fones auriculares de proteção para lembrar que a sociedade civil busca soluções de combate às diversas formas de perturbação acústica sem abrir mão da leveza. O secretário do Verde e Meio Ambiente de São Paulo, Gilberto Natalini, colocou a poluição sonora – que ele chamou de sexta modalidade da poluição, ao lado da poluição da água, ar, solo, visual e climática – na pauta da política pública do município. “Vamos treinar nossas equipes para trabalhar no combate a esse problema. E isso tem que estar na pauta do prefeito e das outras secretarias”.

ProAcústica lança vídeo sobre ações da entidade com enfoque no combate à poluição sonora

ProAcústica lança vídeo sobre ações da entidade com enfoque no combate à poluição sonora

Com uma linguagem moderna e impactante a Associação Brasileira para a Qualidade Acústica, a ProAcústica, lança um vídeo que ultrapassa as barreiras institucionais e pode servir como fonte de inspiração para pessoas que buscam realizar atividades transformadoras na sociedade.

Notícias

Multas por barulho do programa Psiu despencam no início da gestão Doria

O prefeito João Dória (PSDB) mandou um recado enfático no começo de fevereiro, ao participar de uma blitz da lei do barulho, que lacrou um bar no Tatuapé (zona leste de São Paulo): "Isto a partir de agora serve de alerta para os donos de estabelecimentos. A lei do Psiu agora volta, e volta para valer".


A paz em meio ao barulho na vizinhança

Isolamento acústico nas paredes, janelas e chão são algumas das soluções para conviver com o caos contínuo


Agenda


Acesso à conteúdos exclusivos

Digite seu e-mail no campo abaixo. Se possuir cadastro o acesso será liberado. Caso contrário preencha seus dados gratuitamente para ter acesso a este e demais conteúdos do site.