LinkedIn Facebook Instagram Twitter Youtube

Patrocinadores

  • OWA Brasil
  • AtenuaSom

Afiliações

  • ProAcústica - Afiliado ABNT
  • ProAcústica - Afiliado FIA - Federação Iberoamericana de Acústica
  • IIAV - International Institute of Acoustics and Vibration
  • I-INCE International Institute of Noise Control Engineering

Torne-se uma empresa associada!
Lançamento Manual ProAcústica de Acústica Básica
Documentário Amorim Lima
Vídeo Insitucional ProAcústica

Poluição sonora deve ser tratada como um problema social

13/12/2019 - 12:51

Poluição sonora deve ser tratada como um problema social
A pressão sonora pode gerar graves efeitos sobre a qualidade de vida. Tais efeitos podem ser classificados como diretos ou indiretos.

Fonte | Portal Terra - 12/12/2019
Autoria | DINO
Conteúdo Impresso | Acesse aqui
Conteúdo Online | Acesse aqui

A pressão sonora pode gerar graves efeitos sobre a qualidade de vida. Tais efeitos podem ser classificados como diretos ou indiretos. "Entre os problemas diretos estão à redução auditiva, a falha de comunicação, a surdez e o incômodo; já entre os problemas indiretos estão os distúrbios clínicos, a insônia, o aumento da pressão arterial, a complicação estomacal, as fadigas físicas e mentais e a impotência sexual", relata Vininha F. Carvalho, editora da Revista Ecotour News & Negócios (www.revistaecotour.news).

A poluição sonora deve ser tratada como um problema social difuso e ambiental, que deve ser combatido pelo poder público com a adoção de políticas públicas de fiscalização, e a conscientização nas áreas com grande amplitude sonora.

A perda auditiva induzida por ruído é cumulativa. Qualquer dano à audição vai se somando ao longo do tempo. Os efeitos podem não ser sentidos de imediato e a percepção do problema auditivo pode vir tarde demais. "A exposição frequente ao barulho, desde a infância, pode levar, com o tempo, à perda permanente e irreversível da audição", salienta Vininha F. Carvalho.

Especialistas da área são unânimes em afirmar que ruídos acima de 85 decibéis, constantes, podem causar alterações na estrutura interna do ouvido e perda de audição irreversível. Como efeito de comparação, uma condição normal alcança em torno de 60 decibéis.

A forma de propagação da poluição sonora é diferente dos demais tipos de poluição, pois não ocorre deslocamento permanente de moléculas ou transferência de matéria, mas de energia. Atualmente, são inúmeras as fontes de poluição sonora no cotidiano, a exemplo dos aeroportos, automóveis, bares, carros de som, casas de show, eletrodomésticos, manifestações públicas, máquinas industriais, templos religiosos, vendedores ambulantes, etc.

Devido à persistência no uso de fogos com estampido durante as comemorações de final de ano, o barulho produz sofrimento aos animais. Os pets possuem a audição bem mais aguçada que a dos humanos, e muitos costumam apresentar medo excessivo do barulho dos fogos. "Nessa época aumentam as ocorrências de animais que fogem assustados, se ferem ou até morrem por medo e estresse provocados pelo barulho", enfatiza Vininha F. Carvalho.

De acordo com a Conselho Federal de Medicina Veterinária, já há comprovação científica dos danos irreversíveis para animais e seres humanos causados por artefatos pirotécnicos de efeito sonoro ruidoso e, por isso, recomenda-se a utilização de fogos visuais, que trazem luzes e cores e não produzem efeitos sonoros acima do volume recomendado.

NOTA: Este é um conteúdo comercial divulgado pela empresa Dino e não é de responsabilidade do Terra

Veja também

Ruído do trânsito é o maior vilão do barulho em SP

Ruído do trânsito é o maior vilão do barulho em SP

A cidade de São Paulo é a quarta no ranking mundial do barulho. O maior vilão desta estatística é o ruído causado pelo trânsito paulistano

Por conforto acústico, escritórios exigem flexibilidade na arquitetura dos ambientes

Por conforto acústico, escritórios exigem flexibilidade na arquitetura dos ambientes

A organização de planta livre - open plan (escritórios coletivos e panorâmicos) - que dominou a arquitetura e o layout coorporativo no final da década de 50 e início dos 60 começa a ser substituído por espaços mais flexíveis e divididos por zonas ou células. Muitas vezes até por salas fechadas. Uma pesquisa realizada pelo Instituto Nacional de Pesquisa da Saúde e Segurança do Trabalho, na França, mostrou que trabalhar o dia todo exposto a conversas paralelas e inteligíveis pode gerar cansaço, stress e efeitos nefastos nos sistemas nervoso, cardiovascular e digestivo.

2020 Ano Internacional do Som: que todos os sons a nossa volta propaguem ondas de...

2020 Ano Internacional do Som: que todos os sons a nossa volta propaguem ondas de...

Que todos os sons a nossa volta propaguem ondas de alegria, amizade, amor, conforto, compreensão, gratidão...

Notícias

Poluição sonora deve ser tratada como um problema social

A pressão sonora pode gerar graves efeitos sobre a qualidade de vida. Tais efeitos podem ser classificados como diretos ou indiretos.


Guarulhos quer cobrar dos aviões taxa de por barulho e poluição

Pelos cálculos da prefeitura, arrecadação sobre aéreas no aeroporto internacional seria de até R$ 300 mi ao ano


Agenda