Patrocinadores

  • OWA Brasil
  • Harmonia
  • AtenuaSom
Vídeo Insitucional ProAcústica
Assista ao documentário do INAD SP 2017
Torne-se uma empresa associada!
Documentário Amorim Lima

Afiliações

  • ProAcústica - Afiliado ABNT
  • ProAcústica - Afiliado FIA - Federação Iberoamericana de Acústica
  • IIAV - International Institute of Acoustics and Vibration
  • I-INCE International Institute of Noise Control Engineering

Eventos de 2016 agregaram conhecimentos e novas abordagens

O conteúdo desta página requer uma versão mais recente do Adobe Flash Player.

Obter Adobe Flash player

A comunidade de acústicos que esteve presente nos principais acontecimentos de Hamburgo, Buenos Aires e La Plata, foi convidada pelo ProAcústica News a fazer uma avaliação das recentes edições do Inter-Noise, do ICA e do evento satélite IMSR.

A solenidade de encerramento chega ao fim, os participantes trocam os últimos comentários e todos voltam para casa. Mais um simpósio, evento ou congresso reuniu profissionais em torno de um tema. Algumas vezes, porém, os conhecimentos se dissolvem na volta ao cotidiano do trabalho e da vida pessoal. Mas a comunidade de acústicos que esteve presente nos principais acontecimentos de 2016 não quer que as informações se percam e foi convidada pelo ProAcústica News a fazer uma avaliação das recentes edições do Inter-Noise, do ICA e do evento satélite IMSRA.

Um dos principais eventos mundiais ocorreu no Congress Center de Hamburgo, na Alemanha, o 45o Congresso e Exposição Internacionais de Engenharia de Controle de Ruído, o Inter-Noise 2016, entre os dias 21 e 24 de agosto passados. Para o presidente da ProAcústica, Edison Claro de Moraes, chamou a atenção a enorme quantidade de papers apresentados no Inter-Noise sobre janelas acústicas ventiladas – com duas vertentes – a eletrônica active-noise e a natural com dutos e labirintos. As eletrônicas, em especial da França e do Japão, funcionam pelo sistema de active window noise-cancelling em que uma onda negativa anula a onda sonora da fonte; e as janelas acústicas naturais com labirintos inseridos em dutos condutores que deixam passar a ventilação mas barram o som. Claro arriscou um número de presentes ao evento: entre 1000 a 1200 pessoas; mas considera que o Brasil ficou pouco representado.

A assembleia geral do I-INCE, International Institute of Noise Control Engeneering, reunida em Hamburgo, elegeu o novo representante da região pan-americana no Congress Selection Comitee e o candidato brasileiro Davi Akkerman foi o mais votado. Aos participantes do Inter-Noise foi apresentado um “trailer” do próximo congresso em Hong Kong, marcado para agosto de 2017. Como está prevista uma rotatividade de continentes para sediar o congresso, ficou confirmado que, em 2021, o evento será na região pan-americana, quando deve acontecer a edição de número 50. Está em andamento uma negociação preliminar com os norte-americanos para a realização de um trabalho conjunto. Em 2018, o Inter-Noise está confirmado para acontecer em Chicago. Em 2019, a sede será em Madri.

Para Davi Akkerman, vice-presidente de atividades técnicas da ProAcústica, a proximidade do centro de eventos com o hotel Radisson aumentou a comodidade dos participantes. Nas 15 sessões paralelas em três dias de congresso vários tópicos do programa atraíram o interesse em torno do tema central: “por um futuro mais silencioso”. Akkerman citou alguns desses tópicos: técnicas de medições, ruído de tráfego, auralização, acústica de edifícios, ruído industrial, acústica numérica, ruído e saúde, psicoacústica, controle ativo de ruído, qualidade sonora, paisagem sonora, planejamento sonoro urbano, política ambiental, educação de acústica e acústica de veículos. No total, foram 1.132 papers apresentados, seis cursos rápidos - um desses ministrado pelo professor Samir Gerges - , seis palestras para convidados e duas visitas técnicas.

Na visão de Luciano Marcolino, vice-presidente de comunicação e marketing da ProAcústica, um assunto muito debatido no Inter-Noise foram as barreiras acústicas usadas em rodovias, linhas de trem ou metrô, para reduzir o ruído junto à vizinhança. Ele deu como exemplo interessante as barreiras fotovoltaicas, com painéis solares que, além de influenciar o caminho da propagação do ruído entre a fonte e o receptor, podem gerar energia. Luciano Marcolino concorda que a utilização de barreiras acústicas no Brasil ainda é pequena mas acredita que, com a implantação de mapeamentos de ruído nas principais cidades,  a indústria desses dispositivos deverá crescer.

A feira de expositores reuniu mais de 60 estandes de 6 m2 cada, no salão onde ocorriam refeições e coffee breaks, para mostrar materiais, soluções de tratamento acústico e anti-vibratório, instrumentos de medição, software e serviços na área de acústica.

Em setembro, aconteceu no edifício San José da Universidade Católica da Argentina, no bairro de Puerto Madero, em Buenos Aires, o Congresso Internacional de Acústica, o evento trienal que reúne profissionais de todas as partes do mundo, pela primeira vez em um país da América do Sul. De 5 à 9 de setembro, o ICA fez parte de um esforço conjunto da Federação Iberoamericana de Acústica (FIA) e da Associação de Acústicos da Argentina (AdAA), em cooperação com a Sociedade Chilena de Acústica (Socha), com o endosso da International Commission for Acoustics (ICA). Em paralelo, o X Congresso Iberoamericano de Acústica (FIA 2016), o XIV Congresso Argentino de Acústica (AdAA) e o XXVI Encontro da Sociedade Brasileira de Acústica (Sobrac). Alguns dias depois do ICA, em La Plata, as atenções se voltaram para o IMSRA.

O ICA trouxe uma plenária, palestras e painéis que cobriram vários aspectos como materiais, sistemas e equipamentos relacionados à acústica. Segundo um dos participantes, o engenheiro Juan Frias (da Bracústica), o ICA representou uma rara oportunidade para conhecer as linhas de pesquisa de países da América do Sul e Central. Frias salientou os casos de mapeamento de ruído em cidades da Argentina, Chile, Colômbia e México. Ele concorda com a opinião de alguns colegas de que o Brasil, como motor econômico da América do Sul, ficou para trás no território dos mapas de ruído. Frias acompanhou com especial interesse, apresentações de norma como a DIN alemã para acústica em ambientes fechados e a norma europeia de classificação de prédios residenciais.

Julio Cordioli, professor no departamento de Engenharia Mecânica da Universidade Federal de Santa Catarina, que trabalha com métodos numéricos em acústica e vibrações, análise de ruído e vibrações em aeronaves e acústica submarina, durante o ICA, buscou inovações na área biomédica e de implantes cocleares. Como ele já trabalhou na área de engenharia de ruído e vibrações na Embraer, procurou apresentações e painéis ligados à aeroacústica. Para Cordioli, muitos temas exibidos no ICA poderiam ser embriões para outros eventos no Brasil.

O IMSRA, evento satélite do ICA, que cobre acústica de salas e, agora, música, ocorreu esse ano em La Plata. Na percepção de Stelamaris Rolla Bertoli (presidente eleita da Sobrac), o IMSRA trouxe trabalhos importantes de pesquisadores de renome, com painéis de personalidades tops e figuras importantes circulando pelo evento. “Muitos desses profissionais foram citados como referências em nossos próprios trabalhos”, lembrou Bertoli. O assunto música ficou separado das salas de apresentação ou de performance, uma das áreas da atuação da professora da Unicamp. Algumas sessões misturaram temas como gravação e auralização.

Veja também

25

Inad desperta São Paulo para o incômodo do barulho

Inad desperta São Paulo para o incômodo do barulho

O dia da conscientização sobre os graves problemas da poluição sonora, este ano, trouxe uma veia bem humorada. A famosa escultura de Victor Brecheret, o Monumento às Bandeiras, no Parque do Ibirapuera, amanheceu com fones auriculares de proteção para lembrar que a sociedade civil busca soluções de combate às diversas formas de perturbação acústica sem abrir mão da leveza. O secretário do Verde e Meio Ambiente de São Paulo, Gilberto Natalini, colocou a poluição sonora – que ele chamou de sexta modalidade da poluição, ao lado da poluição da água, ar, solo, visual e climática – na pauta da política pública do município. “Vamos treinar nossas equipes para trabalhar no combate a esse problema. E isso tem que estar na pauta do prefeito e das outras secretarias”.

O grande incômodo da poluição sonora

O grande incômodo da poluição sonora

A arquiteta e urbanista formada pela Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo, Heloisa Proença, atual secretária Municipal de Urbanismo e Licenciamento - SMUL, acumula mais de três décadas envolvida com planejamento urbano e gestão pública. Além de consultora, discorre com frequência, como conferencista, sobre temas ligados à política urbana, estatuto da cidade, plano diretor, legislação urbanística, solo criado, operações urbanas, adensamento versus infraestrutura, parcerias públicas com o setor privado, zoneamento e mercado imobiliário, securitização do direito de construir e avaliação do potencial de construção. Nesta entrevista ao ProAcústica News, Heloisa Proença, se alinha com os cidadãos e as entidades que trabalham por uma cidade “menos estressante, mais amigável e com melhor qualidade de vida para os habitantes”.

Ilha ProAcústica faz sucesso na Feicon 2017

Ilha ProAcústica faz sucesso na Feicon 2017

Empresas de produtos, serviços e soluções acústicas, representadas pela ProAcústica, participaram da maior feira da construção civil do país, a Feicon Batimat 2017 com um estande institucional de integração e convivência. Pela primeira vez, a ProAcústica ocupou um espaço relevante, apresentando um túnel sensorial contrastando espaços com e sem tratamento acústico

Notícias

Multas por barulho do programa Psiu despencam no início da gestão Doria

O prefeito João Dória (PSDB) mandou um recado enfático no começo de fevereiro, ao participar de uma blitz da lei do barulho, que lacrou um bar no Tatuapé (zona leste de São Paulo): "Isto a partir de agora serve de alerta para os donos de estabelecimentos. A lei do Psiu agora volta, e volta para valer".


A paz em meio ao barulho na vizinhança

Isolamento acústico nas paredes, janelas e chão são algumas das soluções para conviver com o caos contínuo


Agenda